Proposta de privatização reforça impasse entre petroleiros e Petrobras

Proposta de privatização reforça impasse entre petroleiros e Petrobras

Categoria discute proposta de revisão do acordo coletivo e ameaça com greve.

O anúncio de estudos para a privatização da Petrobras acirrou impasse entre trabalhadores e a direção da estatal, que negociam neste momento o acordo coletivo de trabalho. Insatisfeitos com a proposta da empresa, os sindicatos ameaçam realizar uma greve. As negociações salariais já duram mais de três meses e a Petrobras apresentou sua proposta final no dia 8 de agosto. Os principais sindicatos de petroleiros recomendam a rejeição dos termos propostas, alegando que representam cortes de direitos.

Com a ideia de estudar a privatização total da empresa até o fim do governo Bolsonaro, lideranças sindicais começam a anunciar mobilizações. Nesta segunda (26), o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA) promove ato em frente à sede da estatal no estado.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos