Inflação média a 12 meses em Moçambique sobe pela segunda vez para 4%

A inflação média a 12 meses em Moçambique registou em março a segunda subida consecutiva, depois de ter estado a descer desde maio de 2017, de acordo com informação do Instituto Nacional de Estatística (INE) moçambicano hoje consultada pela Lusa.

A inflação média a 12 meses registou em março um aumento de 0,03 pontos, para 4%, depois de ter trilhado uma tendência de redução todos os meses desde maio de 2017, altura em que se cifrava em 22,33%.

O ligeiro aumento acontece depois de, em dezembro de 2018 e janeiro deste ano, o indicador ter estacionado em 3,91%, seguindo-se uma subida para 3,97% em fevereiro, de acordo com os quadros do Índice de Preços no Consumidor (IPC).

A inflação homóloga em março, em Moçambique, foi de 3,41% e, ainda de acordo com o INE, a inflação mensal foi de 0,67%.

A inflação mensal, em 2018, foi sempre inferior a 1% e chegou a ser negativa em junho e julho.

Os valores são calculados a partir das variações de preço de um cabaz de bens e serviços, com dados recolhidos nas cidades de Maputo, Beira e Nampula.

De acordo com o INE moçambicano, a inflação acumulada (anual) em 2018 foi de 3,52%, os mesmos pontos percentuais da inflação homóloga em dezembro do último ano.

Exclusivos