Angola deve pagar dívida às empresas portuguesas em moeda nacional

Os economistas José Severino e Francisco Silvestre defendem que a dívida às empresas portuguesas deve ser paga em moeda nacional, no sentido de se criar vantagens para o país e, por outra, aconselham o Governo a celebrar contratos tendo como referência o Kwanza

O presidente da Associação dos Indústrias de Angola (AIA), José Severino, entende que o pagamento das dívidas em moeda estrangeira depende da maneira como foram feitos os contratos. Refere que as empresas são pagas em moeda nacional quando estas são residentes fiscais, caso não, explica, a dívida é paga em divisas (dólar/euro). "Se o contrato foi feito nessa vertente (Kwanza), logo, Angola deve fazer o pagamento consoante o critério do contrato", disse. Para José Severiano, Angola, ao fazer pagamentos em moeda estrangeira acaba por afectar a balança cambial, mas no caso da moeda nacional acabaria por impactar também no Orçamento Geral do Estado.

Leia mais em O País

Relacionadas

Exclusivos