China "mais sensibilizado" para a questão da dívida dos países abrangidos pela iniciativa Faixa e Rota

China "mais sensibilizado" para a questão da dívida dos países abrangidos pela iniciativa Faixa e Rota

DR

A China tem vindo a demonstrar "maior sensibilidade" à questão da dívida dos países que beneficiam dos seus financiamentos, em particular nos enquadrados na iniciativa Faixa e Rota, segundo a investigadora Johanna Malm.

Num artigo para o sítio do Centro de Investigação da China em África, da Universidade de Johns Hopkins, nos Estados Unidos, Malm refere que a China "reconheceu preocupações e adaptou algumas das suas práticas" relativamente a financiamento a países terceiros, nomeadamente no mais recente Fórum Faixa e Rota, realizado em Pequim em Abril.

No Fórum, a sustentabilidade da dívida foi um assunto central, com os documentos oficiais a assumirem que a China está empenhada em prevenir e solucionar os riscos associados à ddívida, tendo o Ministério das Finanças chinês publicado um novo documento intitulado "Estrutura de sustentabilidade da dívida para os países participantes da iniciativa Faixa e Rota."

Leia mais em MacauHub.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG