BNA garante que a Pressão sobre divisas acabou

BNA garante que a Pressão sobre divisas acabou

O Banco Nacional de Angola (BNA), através do seu administrador, Pedro Castro e Silva, garantiu ontem à agência Lusa que a pressão sobre divisas em Angola terminou, após as medidas que geraram uma maior previsibilidade no mercado cambial e uma melhor comunicação com os bancos comerciais.

Banco Nacional de Angola (BNA) garantiu ontem que a pressão sobre as divisas em Angola terminou, após as medidas que geraram uma maior previsibilidade no mercado cambial e de uma melhor comunicação com os bancos comerciais Em declarações à agência Lusa, Pedro Castro e Silva, administrador do banco central angolano, indicou que, hoje em dia, o BNA já consegue atender ao que os bancos comerciais pedem em divisas, o que tem estabilizado a moeda angolana, o kwanza, nas últimas semanas face sobretudo ao euro e ao dólar. "Vamos manter este curso de actuação da política cambial até Dezembro. Aquilo que tínhamos de fazer no âmbito do Programa de Estabilidade Macroeconómica (PAM), que era uma maior liberalização da taxa de câmbio, já fizemos.

Leia mais em O País.

Relacionadas

Exclusivos