Angola negoceia dois empréstimos no valor de 2.350 MEuro com Banco Mundial

Angola negoceia dois empréstimos no valor de 2.350 MEuro com Banco Mundial

Os dois empréstimos são no valor de 2,7 mil milhões dólares (2.350 milhões de euros) com taxas de juro de 2,5% e reembolsável em 30 anos

Segundo João Lourenço, que discursava na abertura da 7.ª reunião do Comité Central do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), hoje em Luanda, o dinheiro dos dois empréstimos destinam-se a projetos de energia e águas e proteção social, no montante de 1.200 milhões de dólares (1.000 milhões de euros), e de apoio à tesouraria, no valor de 1.500 milhões de dólares (1.300 milhões de euros).

João Lourenço não adiantou qualquer previsão para o fim das negociações com o Banco Mundial.

O líder do MPLA lembrou que Angola está "a reanimar" a economia nacional, dando como exemplo os financiamentos que tem conseguido obter sem a contrapartida do petróleo, "atitude considerada como uma boa prática e, como tal, recomendada pelo Fundo Monetário Internacional e pelo Banco Mundial".

Ao abrigo do acordo alargado de financiamento com o FMI, relembrou o empréstimo de 3,7 mil milhões de dólares, com uma baixa taxa de juro (3%) e um período de graça de seis anos, findo o qual começará a contar o período de reembolso de 10 anos.

Relacionadas

Exclusivos