"Táxi aéreo" chinês chega a público europeu

Veículo já esteve em exposição na China em 2018

Um veículo aéreo autónomo (VAA), desenvolvido por uma companhia chinesa foi apresentado ao público na quarta-feira no 4GameChangers Festival em Viena, divulgou a EHang, companhia de veículos inteligentes aéreos, com sede em Guangzhou.

O VAA, conhecido como "táxi aéreo", é um grande drone com oito braços e 16 propulsores que podem levar dois passageiros. Com uma velocidade projetada de 130 km/h e uma duração de 15 a 30 minutos de voo, tem a pretensão de apresentar soluções de transporte de distância média-curta. A bateria do veículo elétrico pode ser totalmente carregada numa hora.

A EHang fechou acordo com seu parceiro austríaco, a companhia de aviação FACC, para produzir em massa o "táxi aéreo" na Áustria até 2020. Robert Machtlinger, CEO da FACC, disse que é possível que aviação autónoma possa acontecer antes da condução autónoma, já que o tráfego nas ruas é bem mais complicado que no espaço aéreo.

"Este novo, seguro, verde e eficiente meio de transporte está a chegar até nós a uma velocidade incrível", disse o co-fundador da EHang, Derrick Xiong, acrescentando que mais de 2 mil viagens já foram realizadas pelos VAAs da companhia que, em junho de 2018, lançou um serviço de entrega logística de VAA em Guangzhou.

Relacionadas

Exclusivos