Premium Timor-Leste tornou-se no 188.º país a ratificar a Convenção Internacional contra o Doping

Timor-Leste tornou-se a 188ª nação a ratificar a Convenção Internacional contra o Doping no Desporto, informou a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em comunicado.

"Estamos satisfeitos por Timor-Leste ter mostrado o seu compromisso com antidoping", disse o presidente da Organização Mundial Antidoping (WADA, na sigla em inglês), Craig Reedie.

"Quase todos os governos do mundo prometeram apoiar a limpeza do desporto e prometeram garantir que a Convenção da UNESCO é implementada e praticada de forma eficaz nos seus respetivos países", disse.

Adotada em 2005, a convenção é o instrumento prático através do qual os governos formalizam o seu compromisso com a luta contra o doping, permitindo alinhar políticas nacionais como o Código Mundial Antidoping.

Com a adesão de Timor-Leste, apenas sete países no mundo continuam sem ratificar a convenção, incluindo dois lusófonos: Guiné-Bissau, Mauritânia, São Tomé e Príncipe, Sudão do Sul, Afeganistão, Líbano e Niue.

Relacionadas

Exclusivos