Clubes europeus prometem boicotar Mundial de Clubes em caso de expansão

Andrea Agnelli, presidente da Associação de Clubes Europeus, é um dos signatários da carta

A Associação de Clubes Europeus (ECA, na sigla em inglês) afirmou que nenhum dos times que representa vai participar do Mundial de Clubes de 2021, caso a proposta de expansão do torneio para 24 equipes seja aprovada pelo Conselho da Fifa.

A ECA expressou suas preocupações esta semana em uma carta enviada ao presidente da Fifa, Gianni Infantino, que defende alteração do torneio, hoje disputado anualmente em dezembro por sete times, com a expansão para se tornar quadrienal, sendo realizada uma edição piloto em junho e julho de 2021.

A carta, vista pela agência de notícias The Associated Press e publicada pelo jornal alemão Süddeutsche Zeitung, foi assinada por dirigentes de 14 dos principais clubes europeus, incluindo o presidente da ECA, Andrea Agnelli, que também comanda a Juventus.

Leia mais em ISTOÉ

Relacionadas

Exclusivos