Federação de Futebol da ASEAN rejeita protesto contra jogador timorense

 Paulo Domingos Gali da Costa Freitas

Paulo Domingos Gali da Costa Freitas

  |  DR

A Federação de Futebol da ASEAN considerou improcedente e sem fundamento uma queixa apresentada por Singapura e Myanmar relativamente à idade de um jogador timorense que está a participar no campeonato sub-15.​​​​​​​

As seleções de Singapura e de Myanmar (antiga Birmânia) tinham apresentado uma queixa à Federação de Futebol da Associação de Nações do Sudeste Asiático [AFF, sigla em inglês] em que questionavam a elegibilidade do capitão de Timor-Leste, Paulo Domingos Gali da Costa Freitas, atual melhor marcador da prova.

"O Comité Ad-hoc Disciplinar e de Ética da AFF determinou que o protesto apresentado por Myanmar e Singapura não tinha fundamento e por isso declarou-o improcedente", de acordo com um comunicado divulgado no domingo no site da AFF.

"O jogador Paulo Freitas de Timor-Leste é considerado apto para participar no Campeonato Sub-15 da AFF 2019, de acordo com o regulamento. A decisão baseia-se numa investigação detalhada e conclusiva, com avaliação de documentos e relatórios médicos", sublinhou.

A elegibilidade de Freitas foi questionada depois de denúncias de que alegadamente teria sido registado como tendo 22 anos na página oficial da Taça Suzuki 2018.

O treinador da equipa da Malásia, P. Maniam, disse ao jornal New Straits Times que o jogador tem "dois documentos de identificação".

Freitas é, até agora, o melhor marcador do torneio, mas Timor-Leste não conseguiu qualificar-se para as meias-finais depois de perder o último jogo do Grupo A, ficando em terceiro, atrás da Indonésia e do Vietname.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG