Após revés do Botafogo, Carli critica Jorge Jesus: "Ele me faltou com o respeito"

Jorge Jeus, treinador do Flamengo

Jorge Jeus, treinador do Flamengo

Um dos jogadores mais irritados após a derrota do Botafogo para o Flamengo, por 1 a 0, na noite desta quinta-feira, era o zagueiro Joel Carli. O jogador do time alvinegro não gostou da comemoração dos flamenguistas ao final do jogo no centro do gramado do Engenhão, algo que já se tornou tradicional, e foi para cima do técnico Jorge Jesus. A discussão foi aberta e só a "turma do deixa disso" acalmou os ânimos. O argentino garante que só se defendeu.

"Ele (Jorge Jesus) me faltou com o respeito. Por isso eu foi para cima mesmo. Mas deixa para lá, porque é coisa de jogo. Achei o jogo muito equilibrado, porque nossa marcação se encaixou bem. Infelizmente ficamos com um jogador a menos (com a expulsão do Luiz Fernando) e sofremos uma forte pressão. Mesmo assim, o resultado mais justo seria o empate", analisou o argentino, com cara de poucos amigos.

Leia mais em ISTOÉ

Relacionadas

Exclusivos