Uma bienal para construir e preservar a Paz

Uma bienal para construir e preservar a Paz

DR

Angola alberga a partir de hoje e até domingo, a Bienal de Luanda - Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz, uma plataforma criada para promover a diversidade cultural e a unidade africana.

A bienal, que é realizada em 2019 e 2021, é vista como uma oportunidade sublime para demonstrar que é possível aproximar os africanos pela cultura de paz, e encontrar pontos comuns nos traços culturais, tanto os internos quanto externos, assim como esbater os ódios e quaisquer outros estereótipos, que existem entre os povos, como defendeu a ministra da Cultura, Maria da Pieda-de de Jesus.

A juventude, as mulheres e as crianças são os principais focos dos Fóruns de Reflexão da Bienal de Luanda, que é também encontro especial entre os actores e parceiros de um movimento Pan-africano para a prevenção da violência e dos conflitos e para a consolidação da Paz. "Pretendemos, com isso, que a mensagem da bienal seja multiplicada em todos os países", disse Maria da Piedade de Jesus.

Leia mais em Jornal de Angola.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG