"Palavras sem fronteiras: Fica tão bonito em português, né?"

Festival inclui percursos a pé por sítios de Lisboa que são referência na vida e obra de Fernando Pessoa

Festival inclui percursos a pé por sítios de Lisboa que são referência na vida e obra de Fernando Pessoa

  |  Leonardo Negrão/Global Imagens

Nasceu em Nova Iorque pelas mãos e empenho de uma jornalista brasileira e hoje chega a Lisboa. O "The Pessoa Festival" vira Festival Pessoa e junta escritores e críticos literários de várias geografias da lusofonia.

A primeira edição foi em Nova Iorque, no ano passado. Hoje chega a Lisboa e abre as primeiras páginas - já que de livros e conversas sobre literatura aqui se trata - no hotel do Chiado onde, há mais de cem anos, a Tipografia do Comércio imprimia a revista Orpheu, por onde passou a escrita e as palavras de Fernando Pessoa, Almada Negreiros e Mário de Sá Carneiro.

A génese do festival é a Revista Pessoa, revista online de literatura , fundada em 2010 por Mirna Queiroz: "O festival é o desdobramento de um festival que aconteceu o ano passado em Nova Iorque para celebrar uma parceria que a Revista Pessoa tem com a revista norte-americana Words Without Borders". Palavras sem fronteiras: "tão bonito em português, né?", atira a jornalista que trocou São Paulo por Lisboa no início do ano.

Leia mais em TSF

Relacionadas

Exclusivos