Seis livros sobre Hitler e nazismo publicados em dois meses. Extrema direita agradece, ou é o fenómeno oposto?

Bandeira da Alemanha Nazi durante o Terceiro Reich (1935-1945)

Bandeira da Alemanha Nazi durante o Terceiro Reich (1935-1945)

Em apenas dois meses, foram publicados em Portugal seis livros sobre Hitler e temas do nazismo. Estranhamente, em todos está bem visível na capa uma ou mais suásticas. O renascimento da extrema-direita no mundo agradece, ou é o fenómeno oposto?

A suástica em grande destaque na capa dos livros já não é tabu para os editores portugueses, tanto assim que esse símbolo de uma ideologia que provocou a morte de milhões de pessoas está a ser utilizado em seis livros publicados nos últimos dois meses sobre esta temática. Pode mesmo dizer-se que há suásticas para todos os gostos em tantos livros publicados sobre um tema que parecia quase esgotado, desde a capa que reproduz apenas uma pequena cruz no capacete de oficiais do Terceiro Reich até às que têm uma dimensão superior a mais de metade da capa. Há até capas que têm duas destas cruzes.

Para que a ideologia do governante alemão não passe despercebida, a palavra "nazi" surge também na maioria das capas e contracapas e de forma bem destacada. Duas situações gráficas que podem ser entendidas como uma forma de potenciar este filão editorial da história contemporânea.

Leia mais em Diário de Notícias.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG