Fantasmagórico 'O Juízo' vai ao interior de MG e extrai suspense da herança escravista

O cantor Criolo e Felipe Camargo numa cena de 'O Juízo'

O cantor Criolo e Felipe Camargo numa cena de 'O Juízo'

  |  D.R.

Filme sobre uma pequena família que passa a viver num local bem distante de centros urbanos lembra Stanley Kubrick.

Diretor de filmes como "Eu Tu Eles" (2000) e "Chacrinha" (2018), Andrucha Waddington brinca que o cinema é uma arte 48 por 48: são 48 meses para fazer e 48 horas para saber se deu certo.

A última parte do comentário envolve cineastas (ele próprio, inclusive), produtores e distribuidores. Em geral, bastam dois dias para saber se um filme deve ou não conquistar boa bilheteria ao longo de semanas ou meses seguintes. O primeiro trecho da boutade do diretor, sobre os quatro anos pra botar um filme de pé, pode valer para grande parte das produções, mas não para o mais recente longa-metragem dele, "O Juízo", que estreia nesta quinta (5).

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG