Diretores fizeram pessoas comuns atuarem em cenas reais de sexo e violência para filme sobre URSS

Cena erótica do filme "DAU. Natacha"

Cena erótica do filme "DAU. Natacha"

  |  DR

Longa faz parte do projeto DAU, um estúdio construído na Ucrânia que reproduz a atmosfera da sociedade stalinista.

Foi sob choque que o Festival de Berlim recebeu o longa "DAU Natasha", dos cineastas russos Ilya Khrzhanovski e Jekaterina Oertel. Na luta pelo Urso de Ouro, o filme mostra as agruras da vida de uma garçonete, na União Soviética de 1952. Além de cenas de sexo e de violência reais, não encenados, a protagonista sofre tortura psicológica e mesmo física, inclusive de cunho sexual.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG