Busto de Tutancâmon leiloado em Londres apesar das queixas do Egito

O rosto esculpido do jovem faraó Tutancâmon será leiloado na quinta-feira em Londres, apesar das queixas do governo do Cairo, que exige em vão o cancelamento da venda e que a obra seja restituída ao Egito.

Este busto de quartzito, de mais de 3.000 anos de antiguidade e 28,5 cm de altura, é avaliado em mais de quatro milhões de libras (4,5 milhões de euros). Representa o deus Amon com os traços do faraó Tutancâmon, "uma forma de pôr o governante no mesmo nível que os deuses", explica a casa de leilões Christie"s, que organiza a venda.

Esta venda provocou a ira do executivo egípcio, que em junho pediu à casa de leilões que a cancelasse. Cairo também pediu "a interrupção da venda de todas as demais peças egípcias neste leilão previsto pela Christie"s para os dias 3 e 4 de julho, ressaltando a importância de obter todos os certificados de aquisição" relativos a estes artigos. "É extremamente importante estabelecer a propriedade recente (da obra) e a legalidade da venda, o que fizemos com toda a clareza", reagiu uma porta-voz da Christie"s contatada pela AFP.

Leia mais em ISTOÉ

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Exclusivos