Pintura mais cara do mundo estaria em iate de príncipe saudita

'Salvator Mundi' foi arrematado em 2017 em um leilão da Christie's, por 450 milhões de dólares.

'Salvator Mundi' foi arrematado em 2017 em um leilão da Christie's, por 450 milhões de dólares.

  |  GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/Arquivos

Desde sua venda pelo valor recorde de 450 milhões de dólares, o paradeiro de "Salvator Mundi", atribuída a Leonardo da Vinci, se tornou um dos maiores mistérios do mundo da arte.

Mas nesta segunda-feira, o marchand de Londres Kenny Schachter deu algumas pistas ao site Artnews: a pintura estaria no gigantesco iate do herdeiro da coroa saudita, príncipe Mohamed bin Salman.

Leia mais em Istoé.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG