Obra de Banksy roubada do Bataclan

Obra foi roubada da sala de espetáculos Le Bataclan, Paris

Obra foi roubada da sala de espetáculos Le Bataclan, Paris

  |  JULIEN DE ROSA/EPA

Uma obra do artista de rua britânico Banksy que homenageava as vítimas dos atentados de novembro de 2015 na sala de espetáculos Le Bataclan, em Paris, foi roubada

A obra de arte em que se podia ver uma menina com um véu a cobrir-lhe a cara apareceu, em junho de 2018, na porta de saída de emergência do Bataclan e foi roubada, anunciou este fim de semana a equipa do Bataclan, que partilhou no Twitter a sua "profunda indignação" sobre o desaparecimento de uma obra que "pertencia a todos, vizinhos, parisienses, cidadãos do mundo".

A pintura foi realizada numa porta de saída de emergência da sala de espetáculos Le Bataclan por onde muitas pessoas escaparam do ataque terrorista realizado por um grupo de terroristas do Estado Islámico (EI) que atirou indiscriminadamente contra o público matando 130 pessoas a 13 de novembro de 2015, durante um concerto da banda note-americana Eagles of Death Metal.

Leia mais em Jornal de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG