Fotógrafos juntam-se para celebrar 20 anos da RAEM

Cartaz Oficial

Evento patrocinado pelo Consulado Geral de Portugal em Macau, por organizações de matriz portuguesa e pelo Governo local.

Vinte e sete fotógrafos decidiram juntar-se numa exposição coletiva de fotografia para comemorar os 20 anos do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), que terá lugar em Macau de 4 de junho a 5 de julho, em Macau.

Com a coordenação do fotojornalista Gonçalo Lobo Pinheiro, que também é um dos autores que participa, a Casa de Portugal em Macau, juntamente com o Consulado Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, e ainda o Instituto Português do Oriente, organiza a mostra que será inaugurada no dia 4, na Chancelaria do Consulado de Portugal.

Trata-se de 27 fotografias com Macau como pano de fundo, de 27 fotógrafos, entre amadores e profissionais, alguns portugueses, outros macaenses e ainda uma brasileira, que em comum têm o território de Macau nas suas vidas.

As imagens que compõem a exposição foram tiradas desde o dia 20 de dezembro de 1999 até aos dias de hoje e retratam um pouco daquilo que tem sido a evolução da RAEM, as pessoas e os monumento do território, entre outras especificidades do território, agora sob administração chinesa.

Participam na exposição os seguintes autores: André Branco, António Leong, António Mil-Homens, António RJ Monteiro, Carlos Dias, Carlos Gonçalves, Carmo Correia, Catarina Domingues, Edite Ribeiro, Eduardo Leal, Eduardo Martins, Fátima Cameira, Francisco Ricarte, Gonçalo Lobo Pinheiro, Hugo Pinto, João Miguel Barros, João Monteiro, Maria José Freitas, Miguel Valle de Figueiredo, Nuno Assis, Paulo Cabral Taipa, Pedro Reis, Renato Marques, Rogério PD Luz, Rui Palha, Sara Augusto e Sofia Mota.

A exposição faz parte do programa dos festejos do "Junho, mês de Portugal", comemorativo do 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, bem como do programa oficial do Governo local para a celebração dos 20 anos da RAEM no âmbito do "Arte Macau", um festival de arte promovido, pela primeira vez, pelo Instituto Cultural de Macau.

Exclusivos