Angariadas 20 mil patacas para ajudar crianças com cancro no Myanmar

Criança fotografada no Myanmar

Criança fotografada no Myanmar

  |  Gonçalo Lobo Pinheiro

O valor arrecadado, afirma Fernando Pinho da ONG britânica Please Take Me There, "dá para ajudar 10 crianças durante um ano".

O fotojornalista português Gonçalo Lobo Pinheiro conseguiu angariar 20 mil patacas (2.203 euros ou 1.972 libras esterlinas, ao câmbio atual) para ajudar as crianças com cancro no Myanmar, depois de vendidas algumas das fotografias que compuseram a sua exposição "Myanmar: o retrato de um povo" que esteve, recentemente, patente na galeria da Fundação Rui Cunha, em Macau.

O dinheiro já foi entregue, via transferência bancária, para a Please Take Me There/The Project Amelia Foundation. "Vinte mil patacas é incrível. Dá, por exemplo, para ajudar 10 crianças durante um ano. Estou muito grato à iniciativa do Gonçalo", afirmou Fernando Pinho, presidente da ONG britânica.

As fotografias fazem parte de um trabalho fotográfico realizado durante 15 dias no Myanmar em 2014. Gonçalo Lobo Pinheiro, radicado em Macau há nove anos, está "muito feliz" com o resultado final, mesmo que a sua meta inicial tenham sido as 30 mil patacas. "Agora as metas já interessam pouco. O que importa é que as pessoas aderiram. Adquiriram uma fotografia minha e ajudaram as crianças do Myanmar. Pessoas de Macau e de Portugal que, por diversos motivos, mantenho no anonimato, mostraram-se sensíveis ao meu apelo e isso é que me deixa verdadeiramente feliz. Muito obrigado a todos", afirmou o fotógrafo que também faz parte da equipa redatorial do Plataforma Media.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG