A exposição verdadeiramente não-autorizada de Banksy

Um tribunal belga impediu que as obras do artista fossem expostas. O enredo desta história é quase uma obra de arte em si mesma.

Banksy é um artista de rua, com princípios conhecidos. Um deles, como o próprio lembra repetidamente, é não cobrar qualquer bilhete pela exposição das suas obras. Seria difícil, uma vez que a sua arte ocupa o espaço público.

Por isso, a exposição que se preparava para abrir em Bruxelas, num supermercado abandonado da capital belga, tinha no título a expressão "não-autorizada". Por um lado, porque o artista, de facto, não a autorizou. Mas um tribunal decidiu na quinta-feira à noite que havia outras autorizações em falta.

Leia mais em: Diário de Notícias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG