Destaques

Atualidade

Guerra comercial EUA/China

Opinião

Notícias

A necessidade de proteção para juízes que lidam com o crime organizado - incluindo corrupção, lavagem de dinheiro, tráfico e milícia - motivou o Tribunal de Justiça (TJ) do Rio a adotar o sistema de "juízes sem rosto". Eles vão trabalhar em uma vara específica e os casos serão julgados por três juízes, sendo que só na sentença final haverá a assinatura do juiz natural do processo.

Partilhar

Desporto

Cultura

Escolhas Plataforma

JN Comunidades

Dia-a-Dia