Tribunal Penal Internacional pede mandado de prisão para Netanyahu e três líderes do Hamas

O Procurador do Tribunal Penal Internacional, Karim Khan, disse na segunda-feira (20) que solicitou mandados de prisão para os líderes do Hamas e para o Primeiro-Ministro Binyamin Netanyahu de Israel por crimes de guerra e crimes contra a humanidade relacionados ao ataque de 7 de outubro e à guerra em Gaza.

por Gonçalo Lopes

Em comunicado, o Khan disse que estava solicitando mandados de prisão para Yahya Sinwar, Muhammad Deif e Ismail Haniyeh do Hamas. Ele também disse que estava solicitando mandados para Netanyahu e para o Ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant.

Embora o pedido de Khan ainda precise ser aprovado por juízes do tribunal, o anúncio é um golpe para o governo de Netanyahu e provavelmente alimentará críticas internacionais à estratégia de Israel em sua campanha de sete meses contra o Hamas e o impacto da guerra na população civil de Gaza.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!