Ouro atinge novo máximo e prata sobe para nível mais alto desde 2012

O preço do ouro, um dos ativos considerados como refúgio seguro em tempos de incerteza, atingiu hoje um novo máximo, acima de 2.445 dólares por onça troy, e a prata alcançou o nível mais alto desde 2012.

por Gonçalo Lopes

De acordo com dados da Bloomberg, hoje às 6:35, o ouro estava a subir 1,25%, para 2.446,27 dólares, superando o último recorde do passado dia 12 de abril, de 2.431,5 dólares.

Entretanto, a prata atingiu hoje de madrugada (3:26 em Lisboa) 32,51 dólares, o nível mais elevado desde dezembro de 2012.

A esta hora, o preço da prata está a subir menos fortemente, e situa-se nos 32,18 dólares.

Analistas citados pela Efe mostram-se otimistas quanto à evolução das cotações do ouro e da prata, que nos últimos dias subiram fortemente na sequência da divulgação de dados macroeconómicos mais fracos do que o previsto nos EUA, que reavivaram a esperança de que a Reserva Federal norte-americana (Fed) corte finalmente as taxas de juro este ano.

Analistas do grupo suíço Julius Baer acrescentam que, independentemente da política monetária norte-americana, a dinâmica do mercado do ouro continua a ser dominada pela Ásia e pelas compras dos bancos centrais.

Da mesma forma, a sociedade gestora Jupiter explica que continua a observar-se uma procura recorde de ouro por parte da China e fluxos máximos de prata para a Índia.

*Com Lusa

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!