Início Brasil Filho de líder do Comando Vermelho desafia GNR à saída de loja

Filho de líder do Comando Vermelho desafia GNR à saída de loja

O rapper Oruam, filho de Marcinho VP, um dos principais líderes do Comando Vermelho, considerada uma das mais perigosas fações criminosas brasileiras, foi abordado na sexta-feira ao final da tarde por militares da GNR enquanto fazia compras numa loja de desporto no Freeport Lisboa Fashion Outlet, em Alcochete.

Num vídeo publicado nas redes sociais, é possível ver o rapper de 22 anos, que se tinha apresentado na noite anterior no “Newgang Festival”, na MEO Arena, a questionar um dos guardas que o abordou e pediu que o acompanhasse: “Porque é que nós temos que acompanhar vocês?”, começa por questionar Oruam, enquanto surge de capuz na cabeça e mãos nos bolsos, ao que o militar lhe terá dito que “já” lhe explicava.

Cerca de dez segundos após refletir sobre aquelas palavras, o rapper desafia. “E se nós não quiser[mos] ir? Tem que ir o quê? Nós [somos] obrigados? O que é que a gente fez?”, procura saber o jovem, tendo o militar reiterado que este tinha de os seguir, “a bem ou mal”. Aconselhado então pelos amigos a sair daquele local (“Bora, bora, vem!”), na sequência, o rapper pede a quem se encontra a filmar que aponte aos guardas: “Grava eles”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!