Início » Polícia inicia novas buscas pelo caso Maddie em Portugal

Polícia inicia novas buscas pelo caso Maddie em Portugal

AFP

As autoridades alemãs, portuguesas e inglesas iniciaram nesta terça-feira (23) novas buscas em uma barragem em Portugal, para avançar na investigação do desaparecimento em 2007 da menina britânica Madeleine McCann. 

Vários policiais percorreram as margens da reservatório do Arade, a cerca de 50 quilômetros do local onde “Maddie” desapareceu, no sul de Portugal, com a ajuda de um cão de busca e de uma lancha do corpo de bombeiros local, segundo os jornalistas da AFP.

A Justiça alemã não revelou mais detalhes sobre as buscas deste caso, um dos maiores enigmas criminais dos últimos anos.

A polícia portuguesa indicou em comunicado que “os esforços continuam para esclarecer totalmente a situação”.

Em 3 de maio de 2007, Madeleine desapareceu pouco antes do seu quarto aniversário, em um balneário em Praia da Luz, na região turística do Algarve, onde estava de férias com sua família. 

A imprensa portuguesa indicou que a polícia já vasculhou o reservatório em 2008, mas os mergulhadores só encontraram restos de animais.

O alemão Christian B., um pedófilo reincidente, é o principal suspeito de seu desaparecimento desde 2020.

A investigação ficou paralisada por anos antes que as autoridades tomassem conhecimento desse homem, que morava a poucos quilômetros do hotel na época. 

Desde então, a Procuradoria de Brunswick realizou a sua própria investigação, colaborando com as autoridades portuguesas e alemãs. 

O suspeito costumava passar algum tempo perto do reservatório, nos arredores da pequena cidade de Silves.

O suspeito Christian B. está cumprindo uma sentença de sete anos de prisão na Alemanha pelo estupro de uma americana de 72 anos. Também foi acusado de outros cinco crimes e delitos sexuais cometidos entre 2000 e 2017 em Portugal.

O desaparecimento de “Maddie” gerou uma campanha excepcional na qual as fotos da menina deram a volta ao mundo.

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!