Início Atualidade Famílias portuguesas asfixiadas com aumento do custo de vida

Famílias portuguesas asfixiadas com aumento do custo de vida

Portugal não escapa à realidade mundial que é desanimadora e as dificuldades financeiras das famílias portuguesas aumentaram significativamente no último ano.

Esta é uma das principais conclusões do Barómetro anual sobre a capacidade financeira das famílias portuguesas que a DECO PROTESTE, a maior organização portuguesa de defesa do consumidor, apresenta pelo quinto ano consecutivo.

Cerca de três quartos das famílias enfrentam, mensalmente, dificuldades financeiras, sendo que 8% se encontram em situação crítica: têm dificuldade em pagar todas as despesas ditas essenciais (mobilidade, alimentação, saúde, habitação, lazer e educação), revela o barómetro divulgado neste Dia Mundial do Consumidor.

Leia ainda:Medina insiste: IVA zero em alguns produtos não resolve preços incomportáveis

As principais parcelas que geram constrangimentos na gestão orçamental dos consumidores dizem respeito às despesas com o carro – combustíveis, manutenção e seguros (67%) -, alimentação – carne, peixe e alternativas vegetarianas (59%) -, férias grandes – viagens e estadias (57%) -, cuidados dentários (55%) e manutenção da casa – obras, remodelações (54%).

Leia mais em TSF

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!