Início Opinião Otimização dos sistemas de pagamento móvel em Macau

Otimização dos sistemas de pagamento móvel em Macau

TAY HUANG HAITONG*, JAVIER CALERO CUERVO **

Os smartphones são essenciais hoje em dia para o funcionamento da sociedade, algo especialmente evidente nos últimos três anos de pandemia.

De maneira a proteger os residentes, seguir e controlar a propagação do vírus, vários códigos QR foram necessários para tornar o acesso a vários locais e edifícios um processo digital.

Uma evolução semelhante foi registada nos nossos sistemas de pagamentos móveis. 

Desde que o primeiro serviço de pagamento móvel local foi aprovado pela Autoridade Monetária de Macau (AMCM), em 2015, o uso destas plataformas locais tem vindo a crescer exponencialmente, um fenómeno que o surto de Covid-19 acelerou.

Segundo a AMCM, o número de transações de pagamentos móveis em Macau subiu de 16.5 milhões em 2019 para 193.5 milhões em 2021, quase 12 vezes em apenas dois anos.

A adoção de sistemas de pagamento móvel tem sido um tema estudado internacionalmente por vários académicos. Contudo, é um tema ainda pouco estudado na RAEM, apesar de os sistemas de pagamentos móveis terem já sido introduzidos em Macau há oito anos, com os residentes cada vez mais familiarizados com o seu uso. 

É, portanto, uma direção de pesquisa emergente que merece um foco maior. Este estudo foi realizado em 2022 e oferece algumas indicações para programadores de aplicações móveis e pessoas em posições de autoridade que possam tomar decisões sobre o uso de sistemas de pagamento móvel.

Este estudo aplicou a Teoria Unificada de Aceitação e Uso de Tecnologia para medir a adoção de pagamentos móveis na cidade.

Como a adoção de pagamentos móveis é gratuita em Macau, o fator de custo percebido não foi incluído nas análises.

Escolhemos seis fatores relacionados com a intenção comportamental do consumidor no modelo final: risco percebido, confiança percebida, autoeficácia, expetativa de desempenho, expetativa de esforço e influência social. Pesquisas online foram utilizadas para recolher dados e recebemos 274 respondentes válidos.

Da acordo com a análise das respostas, a expetativa de desempenho foi o fator mais influente na intenção de usar o sistema de pagamento móvel, seguido pela expetativa de esforço, influência social e risco percebido. 

Os efeitos da perceção de confiança e autoeficácia na adoção do sistema foram insignificantes. Os resultados também mostraram que o grupo etário com mais de 65 anos – um dos maiores mercados alvo – prestou mais atenção ao risco e à confiança antes de usar sistema de pagamento móvel.

Os consumidores geralmente consideram se o desempenho do sistema poderá responder às suas expetativas antes de decidir adotar uma nova tecnologia. 

O nosso estudo concluiu que a expetativa de desempenho é o fator mais crítico, o que implica que os programadores de aplicações móveis devem tomar medidas para melhorar a eficiência das transações das suas plataformas de pagamentos móveis.

A intenção deve ser garantir que as transações por meio de sistemas de pagamentos móveis sejam encurtadas e que as falhas nas transações sejam reduzidas.

O segundo fator mais importante é a expetativa de esforço. Os consumidores querem que o sistema de pagamento móvel seja fácil de usar, quando têm uma interação fácil e intuitiva com essa aplicação será provável que escolham esse sistema.

O terceiro fator significativo é a influência social. Quanto mais opiniões sociais e pressão de amigos próximos, maior a intenção comportamental na adoção de um pagamento móvel. Normalmente, as relações sociais afetam a adoção individual de um novo sistema de pagamento. 

Essas influências de comportamento vêm de pessoas em quem essas pessoas confiam e respeitam. Especialmente após três anos de pandemia, a adoção de uma plataforma de pagamentos móveis tornou-se um hábito bem enraizado, com um impacto profundo na cognição social do utilizador.

O quarto fator mais influente foi o risco. Os utilizadores preocupam-se com os riscos do uso de pagamentos móveis, especialmente aqueles com mais de 65 anos. 

Dessa maneira, programadores de aplicações e governantes devem reduzir os riscos para os utilizadores, melhorando a segurança das informações pessoais e das transações para evitar qualquer fuga de informação.

Embora a confiança percebida e a autoeficácia tenham uma influência insignificante na intenção comportamental dos consumidores de Macau em adotar um certo sistema de pagamento móvel, outros estudos mostram que esses fatores têm alguma influência.

Os designers de aplicações devem continuar a construir confiança e a ajudar os utilizadores a realizar uma tarefa no menor tempo possível enquanto planeiam aplicações de pagamentos móveis fáceis de usar.

Os pagamentos móveis emergiram como um dos métodos de pagamento mais populares após a pandemia e este estudo mostra lições importantes que devem ser interiorizadas pelos fornecedores, incluindo o foco na melhoria da expetativa de desempenho, expetativa de esforço, influência social e risco percebido de um sistema de pagamento móvel.

Dada a importância do turismo para Macau e a necessária recuperação deste setor em 2023, os sistemas de pagamentos móveis disponíveis terão uma grande importância para os visitantes que os decidam usar.

Opinião escrita no âmbito do evento 4th Mastering Cotai, patrocinado pela Sands e organizada pela Faculdade de Gestão de Empresas da Universidade de Macau a 9 de novembro.

*Aluna, MSc
** Professor Orientador

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!