Início » Receita investigará segundo pacote de joias trazido por comitiva de Bolsonaro

Receita investigará segundo pacote de joias trazido por comitiva de Bolsonaro

A Receita Federal informou que investigará se uma comitiva de funcionários do governo do ex-presidente Jair Bolsonaro ingressou no país em 2021 com um segundo pacote de joias presenteado pela Arábia Saudita.

O ex-ministro de Minas e Energia de Bolsonaro, Bento Albuquerque, revelou na sexta-feira ao O Estado de S. Paulo a existência de um segundo pacote, após o mesmo jornal informar que uma comitiva de seu ministério tentou ingressar no Brasil sem declarar joias presenteadas pelo governo saudita para a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Esse primeiro pacote, um conjunto de joias avaliado em 16,5 milhões de reais, foi apreendido em outubro de 2021 após ser encontrado por agentes da alfândega dentro da mochila de um funcionário do ministério de Minas e Energia que voltava de uma viagem oficial ao Oriente Médio.

O segundo conjunto de joias mencionado por Albuquerque, que incluía um relógio e uma caneta da marca de luxo suíça Chopard, também não foram declarados pela comitiva do ex-presidente Bolsonaro. No entanto, neste caso, os objetos entraram no país sem serem detectados.

Leia mais em Istoé

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!