Início Destaques Famílias gastaram mais 105 milhões nos supermercados

Famílias gastaram mais 105 milhões nos supermercados

O ano arrancou difícil para as famílias que gastaram 907 milhões de euros, em janeiro, nas compras para o lar. É um crescimento de 13,1% face ao mesmo mês do ano passado, o que corresponde a 105 milhões de euros a mais deixados nas caixas dos supermercados.

Os dados são da Nielsen e mostram que as maiores subidas aconteceram nos laticínios, que tiveram um crescimento homólogo de 24%, e nos artigos de mercearia, que subiram 14%. No total, dos 907 milhões de euros gastos nos super e hipermercados, 378,2 milhões corresponderam a artigos de mercearia, mais 48 milhões do que em janeiro de 2022. Para os laticínios foram 171,4 milhões de euros, um aumento homólogo de 33,5 milhões.

Em conjunto, mercearia e laticínios pesaram 60,6% da fatura no supermercado. Já os gastos em congelados subiram 7%, mas o seu peso na despesa total baixou dos 7,4%, em janeiro de 2022, para 7% este ano. Mesmo assim, os congelados pesaram 63,5 milhões de euros no valor total, contra os 59,3 milhões de janeiro do ano passado.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!