Início Atualidade Governo brasileiro dispensa 43 chefes na Funai e 11 gestores de saúde indígena

Governo brasileiro dispensa 43 chefes na Funai e 11 gestores de saúde indígena

O governo federal dispensou 43 chefes regionais e nacionais da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai). As exonerações foram publicadas em uma edição extra do Diário Oficial da União, de segunda-feira (23).

No total, 22 coordenadores regionais, 15 coordenadores setoriais e seis diretores, assessores e secretários vinculados diretamente à presidência foram dispensados da Funai.

Também na segunda-feira (23), 11 coordenadores regionais da Secretaria de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde foram exonerados. Entre os dispensados está o coordenador do distrito sanitário Leste de Roraima.

O governo ainda não divulgou quem vai assumir os cargos. Ontem, o Ministério da Saúde informou que a dispensa dos coordenadores do distritos sanitários especiais indígenas faz parte do “processo natural da transição de governo” – quando quase a totalidade dos ocupantes dos chamados cargos de confiança são substituídos por outras pessoas.

Leia mais em Istoé

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!