Globos de Ouro. Passadeira vermelha de luvas pelo cotovelo, drapeados, folhos e plumas

por Mei Mei Wong
Carla Bernardino

Em noite de sagração d’ ‘Os Fabelmans’ de Steven Spielberg, ‘Os Espíritos de Inisherin’ e à série da HBO ‘The House of The Dragon’, o regresso dos Globos de Ouro após polémicas e à transmissão televisiva tingiu-se de branco, negro, veludo e brilhos. Ousadia fez-se também de drapeados e de luvas até ao cotovelo

Globos de ouro passadeira vermelha
Regina Hall, Jenna Ortega e Heidi Klum na passadeira vermelha dos Globos de Ouro 2023

Os Globos de Ouro regressaram esta madrugada, 11 de janeiro, à transmissão televisiva e após escândalos éticos e polémicas pela falta de diversidade. Esta edição marcou uma nova era para a cerimónia, com uma lista de vencedores mais diversa que antes e um compromisso com o progresso no futuro.

Leia mais em: Delas

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!