Confinamento na China atrasa novo iPhone - Plataforma Media

Confinamento na China atrasa novo iPhone

O grupo norte-americano explicou, no domingo, que a fábrica da Foxconn localizada na Zona Económica do Aeroporto de Zhengzhou, capital da província de Henan, no centro da China, está paralisada por causa das restrições impostas na passada quarta-feira.

As autoridades chinesas vedaram o acesso à zona, proibindo qualquer entrada ou saída, pelo período de uma semana, exceto para entregar alimentos e equipamento de saúde, após funcionários da Foxconn terem escapado das instalações.

“Os clientes vão ter que esperar mais tempo para receber os seus novos produtos”, concluiu a Apple. “Como temos feito desde o início da pandemia, estamos a dar prioridade à saúde e segurança dos trabalhadores na nossa cadeia de fornecimento”, acrescentou a empresa.

O grupo taiwanês Foxconn, o principal fornecedor da Apple, enfrenta desde outubro um aumento nos casos de covid-19 no complexo industrial de Zhengzhou, a cerca de 600 quilómetros de Pequim, que emprega quase 300 mil pessoas.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
ChinaSociedade

Vacinas chinesas contra Covid-19 mostram-se seguras e efetivas no controle epidémico

Opinião

Política da China à Covid-19 é científica, direcionada e eficaz

ChinaPolítica

Presidente chinês admite estar preocupado com vaga de casos nas áreas rurais

ChinaSociedade

Estudo prevê 36 mil mortes por dia na China durante Ano Novo Lunar

Assine nossa Newsletter