Início » “Taxa de poupança dos portugueses iniciou trajeto de queda acentuada”, alerta Deco Proteste

“Taxa de poupança dos portugueses iniciou trajeto de queda acentuada”, alerta Deco Proteste

José Varela Rodrigues

Organização de defesa do consumidor refere que os níveis de poupança dos portugueses caminham para “valores próximos do período pré-covid”, numa altura em que os preços de diferentes bens, sobretudo de primeira necessidade, encarecem.

"Taxa de poupança dos portugueses iniciou trajeto de queda acentuada", alerta Deco Proteste

“Se em 2021 houve registo da maior taxa de poupança das últimas décadas (14,3%), os atuais níveis de inflação e o previsível aumento das prestações de crédito devido à subida das taxas de juro levou a que esta tendência se invertesse”. Quem o diz é a Deco Proteste, que alerta esta segunda-feira que “a taxa de poupança dos portugueses iniciou um trajeto de queda acentuada”.

Leia também: Cooperação entre China e Portugal aposta nas áreas da energia, economia digital e saúde

Em comunicado, a organização de defesa do consumidor refere que os níveis de poupança dos portugueses caminham, agora, para “valores próximos do período pré-covid, situando-se nos 8,3%, menos do que os 10,7% registados no primeiro trimestre do ano”.

Os dados do Instituto Nacional de Estatística, de acordo com a Deco Proteste, mostram que o “rendimento das famílias portuguesas aumentou 1,4% entre abril e junho deste ano face ao primeiro trimestre de 2022”. No entanto, “a despesa de consumo final subiu 4,1% determinando uma redução da taxa de poupança”.

Leia mais em: Dinheiro Vivo

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!