Angola tem “estratégia exemplar” de combate ao tráfico de pessoas - Plataforma Media

Angola tem “estratégia exemplar” de combate ao tráfico de pessoas

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos afirmou, quarta-feira (20), em Luanda, que o país conta com uma estratégia de Direitos Humanos exemplar a nível de África e “até do mundo” em matérias de combate ao tráfico de seres humanos.

Francisco Queiroz reconhece que existem ainda no país algumas preocupações em relação à matéria.

Leia também: Tráfico de Pessoas: Macau repudia relatório americano

O mesmo responsável fez o pronunciamento em reacção ao relatório anual do Departamento de Estado norte-americano sobre Tráfico de Pessoas, divulgado na terça-feira. O documento mantém Angola na segunda posição de “Tier” (numa classificação de quatro), pelo terceiro ano consecutivo.

Em declarações à imprensa, no final da conferência de imprensa para a apresentação do relatório de balanço da Comissão da Reforma da Justiça e do Direito (CRJD), referiu que, neste sentido, o Governo tem apertado o cerco e a medida tem culminado com a redução do tráfico de seres humanos no país.

Leia também: “Angola está num bom caminho em matéria dos Direitos Humanos”

O relatório, disse, resulta do compromisso do Executivo, não apenas a nível da Justiça, mas também do comprometimento com os direitos, liberdades e garantias fundamentais dos cidadãos.   

Referindo-se ainda sobre o tráfico de seres humanos, Francisco Queiroz disse que os países africanos têm sido os mais afectados, por causa das suas debilidades.

Leia mais em: Jornal de Angola
Related posts
MacauPolítica

ONU bastante crítica sobre estado dos direitos cívicos e políticos em Macau

MacauPolítica

RAEM reage às criticas da ONU e garante empenho na defesa dos direitos humanos

ChinaPolítica

Alta-comissária dos Direitos Humanos nega pressões da China sobre o Xinjiang

ChinaSociedade

Autoridades chinesas pedem desculpa por entrarem à força em casas à procura de infetados

Assine nossa Newsletter