Principal condenado por atentados de Paris em 2015 aceitou sentença - Plataforma Media

Principal condenado por atentados de Paris em 2015 aceitou sentença

Salah Abdeslam, condenado à prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional por seu papel nos atentados de 2015 em Paris, não apresentou recurso contra sua pena, anunciou o procurador-geral de Paris, Rémy Heitz.

“Nenhum dos 20 acusados apresentou apelação”, declarou Heitz. A decisão do tribunal de Paris que os julgou “tomou um caráter definitivo hoje e não acontecerá um julgamento de apelação”, acrescentou.

Dos 20 acusados pelos ataques de 13 de novembro de 2015, no qual morreram 130 pessoas em Paris e em Saint-Denis, apenas 14 estavam presentes no julgamento de 10 meses de duração, que teve o veredicto anunciado em 29 de junho.

Seis foram julgados à revelia, incluindo cinco comandantes do grupo Estado Islâmico (EI) que são considerados mortos, como o belga Oussama Atar, a quem é atribuída a ordem para a execução dos atentados.

Os acusados receberam penas que vão de dois anos de prisão à prisão perpétua sem direito à liberdade condicional.

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter