Mário Fernandes interrompe a carreira: "Não deixo a Rússia por causa da guerra..." - Plataforma Media

Mário Fernandes interrompe a carreira: “Não deixo a Rússia por causa da guerra…”

Lateral do CSKA Moscovo desde 2012, e um dos capitães, Mário Fernandes interrompeu a carreira momentaneamente para se dedicar, em exclusivo, à vida pessoal, sublinhando que não o faz nem regressa ao Brasil face à guerra na Ucrânia.

“Tenho sentido um enorme cansaço e não posso mais dar tudo o que sempre dei pelo bem do CSKA nos últimos anos. (…) Chegou a hora de passar mais tempo com a família. Não deixo a Rússia por causa da atual situação [guerra na Ucrânia]”, afirmou Mário Fernandes, no comunicado do CSKA a oficializar a pausa do russo-brasileiro.

O lateral, de 31 anos, que vai ser pai em setembro, deixou em aberto, contudo, a possibilidade de regressar ao CSKA Moscovo, cujo contrato era válido até 2024.

Leia mais em O Jogo

Artigos relacionados
FuturoMundo

Indústria espacial europeia retoma lançamentos após cortar relações com a Rússia

EconomiaMundo

Reduções nas entregas de gás russo através do Nord Stream são "ataque" à Europa

Política

Rússia diz que Ucrânia não tentou recomeçar negociações de paz

MundoPolítica

Rússia quer controlar toda a região de Lugansk até domingo, diz Kiev

Assine nossa Newsletter