Londres pede sanções até retirada de soldados da Ucrânia

Londres pede manutenção das sanções até a retirada de todos os soldados russos da Ucrânia

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pediu nesta quarta-feira (30) que o Ocidente “continue reforçando as sanções” contra a Rússia até que as últimas tropas russas se retirem da Ucrânia. 

“Não podemos esperar que o G7 levante as sanções só porque há um cessar-fogo”, disse Johnson a um comitê parlamentar britânico. “Devemos continuar reforçando as sanções… até que cada” soldado russo esteja “fora da Ucrânia”, acrescentou.

Artigos relacionados
AngolaSociedade

“Caçadores de óbito”, os truques para matar a fome em Luanda à custa dos funerais

Política

Negociações sem nada de "muito promissor" ou um "avanço"

MundoSociedade

"Vão-se f****". Soldado ucraniano que insultou russos recebe medalha

MundoPolítica

Avião de Putin tem aparato de guerra, botão nuclear e detalhes de ouro

Sociedade

Número de refugiados ucranianos supera quatro milhões

Assine nossa Newsletter