Início Atualidade Trabalhadores admitem que tecnologias invadem vida pessoal

Trabalhadores admitem que tecnologias invadem vida pessoal

Mais de metade dos trabalhadores em Portugal sente que as tecnologias digitais utilizadas em contexto profissional, sobretudo desde o início da pandemia, invadem a vida pessoal, concluiu um estudo do Observatório de Liderança e Bem Estar da Nova SBE, divulgado esta quarta-feira.

De acordo com o estudo “Tecnostress – Uso da Tecnologia e Bem Estar no Contexto do Trabalho”, 47% reconhece que mudou hábitos de trabalho para se adaptar às tecnologias móveis, enquanto 52% sente que a vida pessoal é invadida por causa do uso dessas tecnologias.

Acresce a identificação de tecnosobrecarga por 35% dos trabalhadores e tecno-invasão por outros 42%, sendo os homens quem reporta maiores níveis de stress.

Com base nestes valores, os autores do estudo – Filipa Castanheira, Pedro Neves e Inês Dias da Silva – identificaram níveis “elevados de tecnosobrecarga e tecno-invasão”. Ou seja, o estudo indica que o aumento do uso de dispositivos móveis e tecnologias digitais, desde a pandemia, está a refletir-se numa sobrecarga tecnológica sobre os trabalhadores e numa apropriação do contexto pessoal pelo contexto profissional através das ferramentas tecnológicas.

“Os níveis de tecnostress têm também expressão na saúde e bem estar, estando a invasão e sobrecarga das tecnologias associadas a queixas psicossomáticas e exaustão emocional uma a duas semanas mais tarde face à exposição. Juntas explicam mais de 25% da variabilidade dos indicadores de saúde e bem-estar analisados”, afirmam os investigadores do Observatório de Liderança e Bem Estar da Nova SBE.

Solução? Regras e formação de chefias

O mesmo estudo elencou três grandes recomendações para combater os riscos inerentes à “tecnolsegurança” e “tecno-invsaão”. A solução passará por criar regras e formação de chefias, a fim de limitar a intromissão dos dispositivos móveis e tecnologias digitais.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!