Primeiro caso de Covid em Macau foi há dois anos - Plataforma Media

Primeiro caso de Covid em Macau foi há dois anos

Faz amanhã dois anos que Macau registou o primeiro caso de infecção com o novo vírus SARS-Cov-2, que leva à doença covid-19. Quase um ano depois da chegada do primeiro lote de vacinas ao território, a taxa de vacinação continua a não ser a desejável e as medidas que, aos olhos de alguns, são demasiado restritivas, não deixam a economia avançar. Em dois anos, muitas famílias deixaram o território mais cedo do que esperavam face a este cenário

Foi a 22 de Janeiro de 2020 que Macau registou o primeiro caso de covid-19. A primeira infetada foi uma paciente com 52 anos de idade de Wuhan, a cidade chinesa que foi o epicentro do novo vírus SARS-Cov-2, que origina a covid-19. O somatório de casos é hoje de 79, sem qualquer caso mortal, e com a ocorrência de alguns surtos comunitários que obrigaram a rondas de testagem em massa, fecho temporário de fronteiras e confinamento de algumas zonas da cidade.

Em Fevereiro de 2020, ocorreu o impensável: o fecho dos casinos durante 15 dias, num território onde as apostas nunca tinham parado desde a liberalização do jogo. Ao longo destes dois anos, foram encerrados, por diversos períodos, escolas, teatros, cinemas, parques e ginásios, o que trouxe alguns constrangimentos à economia e às pequenas, médias e grandes empresas. O Governo lançou cartões de consumo para incentivar a população a comprar no pequeno comércio e criou linhas de empréstimos às empresas sem juros. Foram ainda atribuídos subsídios aos profissionais liberais.

Leia mais em Hoje Macau

Artigos relacionados
MacauPortugal

Portugueses sem BIR autorizados a entrar em Macau. Comunidade enaltece medida

ChinaSociedade

À medida que o nível de emergência é aliviado, Xangai reabre gradualmente

ChinaMacau

Macau não se desvia do modelo “zero casos” do interior da China, diz DSS

BrasilDesporto

Atleta de Macau falha competição no Brasil devido a restrições

Assine nossa Newsletter