Bolsonaro minimiza Ómicron no Brasil: "Não tem matado ninguém" - Plataforma Media

Bolsonaro minimiza Ómicron no Brasil: “Não tem matado ninguém”

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro minimizou o vertiginoso aumento de casos de covid-19 no Brasil impulsionado pela variante Ómicron, que, segundo especialistas, poderá causar em breve uma nova sobrecarga no sistema hospitalar no país.

“A Ómicron não tem matado ninguém. O que morreu aqui em Goiás não foi de Ómicron. Na verdade, foi ‘com Ómicron’, não foi ‘de Ómicron’. Ele já tinha problemas muito sérios, em especial nos pulmões”, disse Bolsonaro ao portal Gazeta Brasil.

O paciente do estado de Goiás, um homem de 68 anos que faleceu no dia 6 de janeiro, foi a primeira morte oficialmente confirmada no Brasil pela variante Ómicron, segundo as autoridades do município de Aparecida de Goiânia.

Os especialistas garantem que essa variante já representa a maioria dos casos no país. “A Ómicron, que já se espalhou por todo o mundo, como as próprias pessoas que entendem de verdade dizem, tem uma capacidade de se disseminar muito grande, mas de letalidade muito pequena”, acrescentou Bolsonaro.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter