Israel deteta primeiro caso de infeção dupla conhecida como “flurona”

Israel deteta primeiro caso de infeção dupla conhecida como “flurona”

Israel detetou o seu primeiro caso de contágio simultâneo pelo coronavírus SARS-CoV-2 e pelo vírus influenza, conhecido como “flurona”, numa mulher grávida não vacinada, confirmou ontem o Ministério da Saúde israelita à agência de notícias EFE

“Flurona” é uma designação definida a partir dos termos ‘flu’ (gripe, em inglês) e “rona” (de coronavírus).

A mulher recebeu alta em 30 de dezembro após ser tratada a sintomas ligeiros derivados dessa infeção dupla (gripe e covid-19), acrescentou o jornal Times of Israel.

Os casos de “flurona” terão sido detectados pela primeira vez nos Estados Unidos, durante o primeiro ano da pandemia de covid-19.

Os especialistas do Ministério da Saúde israelita acreditam que haja casos semelhantes, ainda não identificados, quando quase duas mil pessoas estão internadas por gripe e ao mesmo tempo os casos positivos da variante Ómicron do SARS-CoV-2 estão a aumentar no país.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
BrasilSociedade

Laboratório diz que duas doses da Coronavac "neutralizam" Ómicron

MundoPolítica

Ministro da Economia do Perú testa positivo à Covid-19

FuturoLifestyle

Cirurgiões transplantam com sucesso um coração de porco numa pessoa

Cabo VerdeSociedade

São Tomé inicia vacinação de menores e terceira dose para prioritarios

Assine nossa Newsletter