Governo quer alterar sistema eleitoral para assegurar patriotismo

Governo quer alterar sistema eleitoral para assegurar patriotismo

O Governo pretende avançar com alterações ao sistema eleitoral para assegurar o patriotismo dos candidatos. É o que consta do 2.° Plano Quinquenal da RAEM,  que foi divulgado ontem

O documento adianta que o aperfeiçoamento do regime eleitoral da RAEM será feito através da “elaboração de listas positiva e negativa sobre os requisitos relativos à prestação de juramento de fidelidade”, estabelecendo “um mecanismo de verificação de qualificação” e regulando o “exercício das funções dos deputados à Assembleia Legislativa”, de forma a garantir que “o poder de governação da RAEM” permanece “firmemente nas mãos de patriotas”.

De resto, a construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, e o desenvolvimento da Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin são dois dos projectos prioritários que são apontados neste plano.

O Executivo reconhece que Macau continua a enfrentar muitos conflitos e problemas estruturais no seu desenvolvimento, nomeadamente uma “estrutura económica monolítica”, solos e recursos humanos limitados e uma competitividade relativamente baixa. Nessa medida, o Plano sustenta que a diversificação da economia é o único caminho para que Macau tenha prosperidade e estabilidade a longo prazo.

Leia mais em TDM

Related posts
BrasilPolítica

Bolsonaro atuou para desinformar sobre sistema eleitoral

ChinaHong Kong

Pequim pondera “várias reformas” no sistema eleitoral para o LegCo

Assine nossa Newsletter