Quatro astronautas descolam para a ISS com a SpaceX

Quatro astronautas descolam para a ISS com a SpaceX

Três astronautas americanos e um alemão descolaram esta quarta-feira à noite, dez dias depois do inicialmente previsto, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS), onde deverão ficar seis meses

Eles vão substituir a tripulação que acabou de deixar a ISS, que incluía dois americanos, um francês e um japonês, que retornou à Terra na noite de segunda para terça-feira.

Os quatro astronautas decolaram da Flórida em um foguete SpaceX Falcon 9 às 21h03, horário local (23h03 no horário de Brasília). 

A cápsula do Dragon deve atracar na estação na quinta-feira às 19h10 (21h10 no horário de Brasília). 

Os astronautas da Nasa Raja Chari, Kayla Barron e Tom Marshburn, assim como o da Agência Espacial Europeia (ESA) Matthias Maurer, respeitaram uma quarentena há dias no Centro Espacial Kennedy em Cabo Canaveral antes de decolarem.

A partida deveria ser no final de outubro, mas a decolagem foi adiada várias vezes, principalmente por condições climáticas e, posteriormente, por “um pequeno problema de saúde” de um dos astronautas, sobre o qual a Nasa não deu mais detalhes. 

A agência espacial decidiu trazer a tripulação do Crew-2 de volta à Terra antes de lançar o Crew-3. 

O período de transferência entre as duas tripulações, que normalmente ocorre em gravidade zero por alguns dias, não pôde ser realizado.

A missão é chamada de Crew-3, pois é a terceira realizada pela SpaceX em nome da Nasa. No entanto, é a quinta vez que a empresa de Elon Musk lança humanos em órbita. 

Antes da Crew-1 e da Crew-2, uma missão de teste (Demo-2) enviou dois astronautas à ISS. E em setembro a SpaceX também lançou quatro turistas ao espaço por três dias.

Recepção de turistas

A tripulação do Crew-3 embarcou em uma nova cápsula do Dragon, a “Endurance”. 

Para o americano Tom Marshburn, esta será sua terceira vez no espaço. Ele já voou a bordo de um ônibus espacial em 2009 e, em seguida, de um foguete russo Soyuz em 2012-2013. Os outros três astronautas farão a viagem pela primeira vez. 

Matthias Maurer será o décimo segundo alemão no espaço. Uma das missões dos astronautas será observar os efeitos da dieta na flora intestinal e no sistema imunológico, cujas defesas costumam ficar enfraquecidas após uma estadia prolongada no espaço.

Os quatro vão consumir uma seleção mais ampla de frutas e vegetais liofilizados (abóbora, couve …) e também de barramundi, um peixe. 

Eles também realizarão caminhadas espaciais, principalmente para continuar a instalação de novos painéis solares na ISS. 

E eles receberão duas missões turísticas: uma, no final do ano, de japoneses transportados por uma espaçonave Soyuz, e a outra, em fevereiro de 2022, de passageiros da missão Ax-1, organizada pela empresa Axiom Space em associação com SpaceX.

Related posts
ChinaDesporto

EUA anunciam boicote diplomático aos Jogos de Inverno de Pequim

PortugalSociedade

EUA classificam Portugal em risco “muito elevado”

MundoSociedade

Primeiros sinais de gravidade da ómicron são "encorajadores"

BrasilPolítica

EUA confiam plenamente que o Brasil terá eleições 'livres e justas'

Assine nossa Newsletter