Líder da rede de tráfico nos Comandos ia fugir para a África do Sul -

Líder da rede de tráfico nos Comandos ia fugir para a África do Sul

Ex-militar dos comandos, agora empresário, foi detido pela Polícia Judiciária quando ia no carro em direção ao aeroporto.

O líder da rede suspeita de usar aviões militares de missões de paz na República Centro Africana (RCA) para traficar diamantes, desmantelada pela Polícia Judiciária (PJ), foi capturado na segunda-feira de manhã quando estava na iminência de fugir para a África do Sul. O homem, um ex-comando reconvertido em empresário, é um dos onze detidos que foi na terça-feira levado para o Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para serem interrogados pelo juiz Carlos Alexandre. Ao fim da noite, sabia-se que pelo menos um arguido queria falar, prevendo-se que os interrogatórios se estendessem para o dia de hoje.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, o líder, Paulo Nazaré, estava há meses a ser monitorizado por inspetores da Unidade Nacional de Combate à Corrupção. Anteontem de manhã, após ter sabido da realização de buscas no âmbito da “Operação Miríade”, saiu de casa com malas de viagens que colocou num carro e começou a conduzir. O ex-militar dos comandos, que deixou as Forças Armadas há cerca de cinco anos, já tinha um voo marcado para a África do Sul, mas acabou por ser detido a caminho do aeroporto pelos investigadores.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter