Opas tenta desenvolver teste que detecte covid-19 e gripe ao mesmo tempo

Opas tenta desenvolver teste que detecte covid-19 e gripe ao mesmo tempo

A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) informou nesta quarta-feira (20) que está trabalhando com o principal órgão de saúde pública dos Estados Unidos para desenvolver um teste diagnóstico que detecte a covid-19 e a gripe ao mesmo tempo, o que otimizaria o monitoramento dessas doenças

“Junto com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos em Atlanta, a Opas está trabalhando para implementar um novo protocolo de teste de PCR para detectar simultaneamente covid-19 e gripe a partir da mesma amostra”, anunciou aos jornalistas a diretora da Opas, Carissa Etienne.

A reação em cadeia da polimerase (PCR) é uma técnica laboratorial que permite identificar material genético de patógenos, incluindo vírus, a partir de uma pequena amostra de fluido nasal ou oral.

Etienne disse que, ao integrar a detecção da covid-19 à vigilância de outros vírus respiratórios, como a influenza que causa a gripe, as nações podem monitorar doenças “de forma mais eficiente e sustentável”.

“À medida que os países buscam se tornar mais autossuficientes em sua resposta a uma pandemia, esta nova estratégia integrada de testes os ajudará a manter seus esforços de monitoramento”, afirmou.

Etienne pediu que as pessoas se vacinem contra a gripe ao mesmo tempo que contra a covid-19, lembrando que o vírus da gripe se espalha facilmente e pode causar a morte de pessoas mais vulneráveis, como idosos e indivíduos com doenças crônicas.

Em todo o mundo, estima-se que as epidemias anuais de gripe causem entre três e cinco milhões de casos graves e entre 290 mil e 650 mil mortes, de acordo com a Opas.

A entidade também chamou atenção nesta quarta-feira para os surtos locais de covid-19, que cada vez mais marcam a tendência da epidemia nos países.

Etienne disse que nas Américas, as infecções e mortes por coronavírus diminuíram em todas as regiões, exceto no Caribe, mas apontou aumentos de novas infecções na Bolívia e na Venezuela, mais hospitalizações no leste do Canadá e um crescimento nas mortes no México.

A situação mais grave na região está nos países caribenhos, como a República Dominicana e Barbados, que relataram aumentos de mais de 40% em novos casos na semana passada. Um número maior de contágios também foi registrado em Porto Rico, Trinidad e Tobago e Martinica.

Related posts
ChinaSociedade

Primeiro caso de covid-19 identificado em Wuhan data de alguns dias depois

MundoSociedade

Opas alerta sobre uso excessivo de antibióticos durante a pandemia

MundoSociedade

Pfizer pede autorização emergencial para remédio contra covid-19

EconomiaMacau

Governo espera apoiar 103 mil trabalhadores a partir de Dezembro

Assine nossa Newsletter