Fronteira com Zhuhai reabre, sem vacina e quarentena

Fronteira com Zhuhai reabre, sem vacina e quarentena

O médico Coordenador do Plano de Vacinação contra o Covid-19, Tai Wa Hou, lembrou que para a maioria das pessoas passar a fronteira de Macau para Zhuhai basta dispor de um teste negativo de ácido nucleico com uma validade de 48 horas, a partir do meio-dia de hoje

“Para a passagem da fronteira é apenas necessário o certificado negativo de teste de ácido nucleico das últimas 48 horas não é preciso uma quarentena de 14 dias. Desta vez não foi mencionado a administração de uma dose de vacina, isto porque a situação pandémica está diferente”, disse Tai Wa Hou na conferência de imprensa do Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus.

As autoridades de Zhuhai anunciaram esta segunda-feira o relaxamento das medidas de passagem de fronteira já a partir de amanhã, impondo, no entanto, restrições a três grupos de pessoas.

“O primeiro grupo inclui quem tem contacto directo com pessoas vindas das zonas de alto e médio risco ou com mercadorias não desinfectadas. O segundo integra aqueles que têm contacto com pessoas em observação médica e o terceiro junta aqueles que trabalham nas instalações que recebem pacientes de COVD-19. Estes são os três tipos de pessoas que não podem entrar em Zhuhai”, disse.

Recorde-se que no passado dia 3, as autoridades de Zhuhai tinham informado que a partir do dia seguinte quem entrasse na cidade a partir dos postos fronteiriços Zhuhai-Macau necessitava de apresentar o certificado de teste de ácido nucleico com resultado negativo nas últimas 48 horas e comprovativo de vacinação contra o COVID-19.

Leia mais em TDM

Related posts
MacauSociedade

Teste de sete dias de validade para passar para Zhuhai

ChinaPolítica

China e EUA comprometem-se a diminuir restrições sobre jornalistas

MoçambiqueSociedade

PR moçambicano volta a aliviar restrições

MacauSociedade

Abertura de fronteiras leva enchentes às Portas do Cerco

Assine nossa Newsletter