Mulheres e crianças em risco imediato nas prisões da Líbia

Mulheres e crianças em risco imediato nas prisões da Líbia

Mil mulheres e crianças correm um “risco imediato” em prisões superlotadas de Trípoli, juntamente com milhares de outros migrantes, alertou nesta terça-feira o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef)

São mulheres e crianças em risco nas prisões da Líbia. “Um total de 751 mulheres e 255 crianças estão entre os milhares de migrantes e solicitantes de asilo detidos nas recentes prisões em massa” ocorridas na capital da Líbia, advertiu o escritório do fundo no país. “A segurança e o bem-estar” dessas mulheres e crianças, incluindo 30 bebês e cinco menores desacompanhados, correm um “risco imediato”, acrescentou.

As mulheres e crianças estão em risco nas prisões da Líbia na sequência da ampla operação policial realizada pelas autoridades no começo do mês, com o argumento oficial de combater o tráfico de drogas, mas que serviu para prender cerca de 5 mil migrantes e refugiados. A Líbia representa um importante ponto de passagem para dezenas de milhares de migrantes que tentam chegar à Europa, a maioria procedente de países da África Saariana.

Segundo a Unicef, o número de pessoas presas é “muito superior à capacidade” dos centros de detenção.

Related posts
MundoPolítica

Mulheres em maioria no parlamento islandês

Lifestyle

“Esta década tem de ser das mulheres a apoiarem-se umas às outras”

MundoSociedade

Um terço das crianças na América Latina está acima do peso

MundoSociedade

Fecho de escolas na Ásia privou 434 milhões de crianças de educação

Assine nossa Newsletter