Autoridades apreendem mais de 2.000 m3 de madeira ilegal

Autoridades apreendem mais de 2.000 m3 de madeira ilegal

A Agência Nacional para o Controlo da Qualidade Ambiental (Aqua) de Moçambique apreendeu mais de 2.000 metros cúbicos de madeira que ia ser exportada ilegalmente através do porto da Beira, centro do país, anunciou aquela entidade estatal

Morgado Mussengue, delegado da Aqua na província de Sofala, cuja capital é Beira, disse à Rádio Moçambique que a madeira estava na posse de duas empresas que falsificaram dados sobre o produto.

As empresas pretendiam exportar a mercadoria para a Ásia, através do porto da Beira.

O delegado da Aqua em Sofala avançou que as autoridades aplicaram multas no valor de dois milhões de meticais (27.144 euros) pelas infrações praticadas.

As apreensões de madeira por tentativa de exportação ilegal são recorrentes em Moçambique e a mercadoria tem normalmente por destino a China.

​​​​​​​

Related posts
Cabo VerdeEconomia

Exportações cabo-verdianas de conservas e peixe recuperam no primeiro semestre

MoçambiqueSociedade

Centro de tratamento na Beira interrompeu atividades após o ciclone Eloise

EconomiaPortugal

Exportações: negócios que cresceram e os que caíram na crise da covid

MoçambiqueSociedade

Ciclone Eloise atinge Moçambique esta madrugada

Assine nossa Newsletter